A GRANDE COLMÉIA



Abelhas seres do mel
incansáveis abelhinhas
a colméia é o céu
as abelhas estrelinhas....

Produzem os favos
grande engenharia
incansáveis operárias
adoçam com maestria...

Colméia Organizada
elaborada hierarquia
rainha coroada
e o rei só por um dia....

Somos a colméia humana
inteligentes e organizados
com muitos zangões
e muitos zangados   (rsrsrsrsrsr)

Os nossos favos de mel
é a doçura do coração
O amor é o nossso céu
puro mel da evolução.....

Humanos e abelhas
abelhas e humanos
Não importa a colméia
só importa o quanto amamos......






Comentários

  1. COLHEITA

    Se consegues guardar o coração
    Sem queixumes em vão,
    Além das nuvens densas,
    Feitas em vibrações de sarcasmos e ofensas,
    Sem que a força da fé se te degrade,
    Quando rugem, lembrando tempestade...

    Se olhas para o mal que te rodeia,
    Respeitando, em silêncio, a luta alheia,
    Se não te fere ouvir
    A expressão que te espanca ou te censura,
    No verbo avinagrado da amargura,
    Sem alterar teu sonho de servir...

    Se logras conservar a luz no pensamento,
    Ante os assaltos do tufão violento,
    Que se forma da injúria que atraiçoa,
    E trabalhas sem mágoa e ajudas sem tristeza,
    Plantando o reconforto, a bondade e a beleza,
    Sem perder a esperança na alma boa...

    Se já podes, enfim,
    Converter toda lama em trato de jardim
    E criar alegria em tua própria dor,
    Para auxílio a quem chora ou socorro de alguém,
    Então terás chegado à compreensão do bem,
    Para viver em paz, na vitória do amor...

    Maria Dolores

    ResponderExcluir
  2. Grata querida amiga por sua presença no blog, adorei o poema de Maria Dolores, muito profundo e significativo, beijinhos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário