Namoro no portão

Namoro no portão.





Anos sessentas, anos dourados
onde a dama esperava no portão
o seu querido amado
balançava forte o coração

Nessa época tinha a vela
para vigiar o apaixonado casal
no céu a lua sempre bela
fazia a vela celestial

Ninguém abusava das mocinhas
Ninguém abusava dos mocinhos
eram versos e modinhas
cantados com paixão e carinho

O moço levava uma flor na lapela
a moça na cabeça uma flor
era a forma mais bela
da expressão do amor!

Comentários