segunda-feira, 9 de março de 2015

SER CRIANÇA

SER CRIANÇA


Ser criança é diversão
Passeio na fantasia
É cantar, soltar balão
É viajar no trem da alegria

Ser criança é um direito
Até doze anos incompletos
é viver o amor perfeito
em troca de afetos.

Ser criança é estudar
Um mundo lindo construir
Ser criança é plantar
A beleza do porvir.

Ser criança é desenvoltura
Um eterno cirandar
É a mais doce  aventura
É um grande despertar.

O papel do educador
É segurar estas mãozinhas,
Educa-las com amor
E plantar as sementinhas.

A criança vive etapas
Que não dá para pular
Começa no sensório motor
Até o operatório concreto chegar.

Seguindo esta linha
Do nosso Grande Piaget,
Com toda a certeza,
A criança vamos entender.

E teve muitos outros
Também de suma importância
Que ajudaram delinear,
O maravilhoso mundo da criança.



LUCINÉIA MAGRI  09/03/2015







2 comentários:

  1. Lu...que graça este teu poema! É delicioso conhecer este mundo lindo da criança e saber acompanha-la nesta fase tão boa. AMEI! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga poetisa, sol do horizonte, beijos

      Excluir