O ENVOLVIMENTO - Poeta Carlos Aberto de Oliveira.

O envolver-se
É sútil e mágico.
Vai nos consumindo
Aos poucos.
Minando nossas
resistências e todas
nossas táticas defensivas.
De repente, um querer
Insano...toma conta de tudo.
Quebra todas as normas...
Transgride tudo.
E só nos resta...
Viver a doçura dos prazeres
Desse maravilhoso INVASOR

Comentários