AS MÃOS



Mãos grandes instrumentos
orquestradoras da vida
maestras dos sentimentos
duas forças unidas

Mãos que afagam
com ternura e carinho
distribuindo luz
por todo caminho

Mãos que plantam flores
e cultivam a terra
mãos que acenam a paz
para aplacar a guerra

Mãos que escrevem
prosas e poesias
atendendo a nossa alma
com escritas da magria

Mãos tão fraternais
que vivem a se apertarem
formalizando a amizade
daqueles que passarem...

Mãos que trazem anéis
e também as alianças
que seguram os pincéis
pintando a esperança...

Mãos sempre postas
na hora da oração
na hora do hino nacional
colocamos no coração.

Há tanto para falar
destas duas grandes amigas
também nos trazem sorte
quando se tornam figas.....

Comentários

  1. Teresa Cristina de Barros31 de janeiro de 2012 01:47

    TE DESEJO UM DIA CHEIO DE SORTE , POIS ESTE SEU POEMA É UM VERDADEIRO TALISMÃ ....BEIJOS QUERIDA ..E BOM DIA !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata amiga, façamos figas, entre nossas mãos amigas, beijinhos.

      Excluir

Postar um comentário