O SILENCIO





             Sinto o silêncio entrar na alma
             pelas fendas do meu coração
             minha alma entra em oração
            e tudo lá dentro acalma

            Sinto o silêncio assoprando
            uma paz que não tem fim
            a paz habita em mim
            como pombo revoando

           Poeta precisa do silêncio
           para em horas mansas meditar
           são como brumas oceânicas
           que a alma vem encontrar

          O silêncio é uma poesia
          escrita pelas mãos de Deus
          que todo o universo contagia
          e inspira todos versos meus.
       
       
       
          LUCINÉIA MAGRI

         
         





Comentários